quarta-feira, 27 de maio de 2009

Isso é particular ...


Sou Ana Carolina, Cazuza, Colbie Caillat e Maroon five. Sou Clarice Lispector, Veríssimo, Arnaldo Jabour e Tatiane Bernardi. Sou 10 horas por dia escritório trancado, tédio ligado e mente voando alto. Sou verde, branco, sou lilás. Sou inconstante: hora inferno – hora paz. Sou Janeiro, verão, sábado e sexta-feira. Não sou agosto, não sou inverno, não sou domingo e acho que nunca vou ser segunda-feira. Sou filha do sono, sou amada pela preguiça, tenho amigos pra todas as ocasiões, uns dizem que eu sou estranha, uns dizem que eu tenho um ‘quê’ de artista. Sou largada: shortinho, blusinha, cabelo pro alto. Sou dois lados: às vezes sou brilho e salto alto. A princípio sou silêncio, timidez, um tanto calada, se me der confiança sou de muitas, MUITAS palavras. Sou foco no futuro, sou fotografia, descobri que sou publicidade e ás vezes ainda acho que um dia vou ser psicologia. Sou inglês, literatura, sou gramática e definitivamente nunca, NUNCA vou ser matemática. Sou amigos, sou amores. Sou mania de organização, perfeccionismo, sou blusa separada por cores. Sou de rir por tudo, até a barriga doer. Sou uma fragilidade que ninguém pode saber. Sou filha única: egoísta, mimada, carente, enjoada, ciumenta e em relacionamentos toda, TODA atrapalhada. Não aprendi a dividir, sou orgulhosa, quase sempre na defensiva, mas me quebra quem souber me fazer sorrir. Sou TPM e naqueles dias pelo bem geral da nação eu merecia sumir. Sou amor, sou muito, MUITO amor. Sou 8 qualidades e 80 defeitos, e se quer saber prefiro ser assim. Sou início, sou meio, meio, meio, meio, mas não sou fim...




CELY PEREIRA se sente mais a vontade falando de si mesma, diz que não há assunto que ela conheça melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário